Atalie é artista convidada da Bienal de Gravura (postado em 16 de Novembro 2018)

 


A artista plástica e coordenadora do Laboratório das Artes de Franca Atalie Rodrigues vai participar como artista convidada da 5ª Bienal Internacional de Gravura "Lívio Abramo" realizada pela Prefeitura Municipal de Araraquara. O convite se deve ao reconhecimento e relevância do trabalho da educadora e artista, considerada uma das referências no cenário da gravura da região. O evento, instituído pela lei municipal nº 7.482, tem por objetivo lembrar a trajetória e homenagear um dos maiores gravadores brasileiros - Lívio Abramo, natural daquela cidade, além de divulgar a arte e artistas fundamentais que trabalham essa linguagem. A Bienal acontece entre os dias 30 de Novembro de 2018 (quando se dará a abertura e onde deverá estar Atalie para representar a arte de Franca) e 30 de Janeiro de 2019, na Casa da Cultura "Luís Antonio Martinez Corrêa" (situada à Rua São Bento 909, Centro de Araraquara - São Paulo).


Bienal de Gravura


CineLAB apresenta "The Square" (postado em 02 de Novembro 2018)

 


Na Quinta-feira, 22 de Novembro, o CineLAB apresenta "The Square", a partir das 20 horas, com entrada gratuita. Segundo Oscar D'Ambrosio, jornalista e doutorando em artes, indicado pela Suécia ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, o filme "The Square" talvez tenha excessivas portas de entrada. Pode ser interpretado como uma crítica ao sistema de arte, como um questionamento do sem sentido da criação na contemporaneidade ou ainda como um vazio da publicidade e da ditadura dos likes em nossa sociedade do espetáculo.
Acima de tudo, porém, está o esvaziamento das relações humanas. Essas questões convivem com espantosa harmonia em torno do protagonista, um administrador de um museu de arte contemporânea que se vê enredado nas mais diversas tramas. A sua frieza e tom blasé é o que mais incomodam.
Parece ser exatamente isso que se espera hoje das pessoas. São elas que, geralmente regidas pela frieza, atingem os postos de comando. Nesse contexto, alguns tópicos do filme saltam aos olhos. Um deles é a cena de abertura, em que o administrador não consegue explicar um texto absurdamente conceitual que foi publicado no site do museu.
Um segundo é um video postado pela instituição que, para promover uma exposição simula a explosão de uma criança. "The Square", nesse contexto, parece estar falando de arte, mas está falando da vida. Parece tratar de curadoria de exposições, mas cuida da falta de cuidado que estamos a ter conosco e com o semelhante. A performance que agride os convidados ou o inconsequente video geram a mesma pergunta: vale tudo para aparecer mais? E, se isso for verdade, não estaremos sendo menos? Alguém liga?
O filme encerra a temporada do CineLAB em 2018 e deve retornar em Fevereiro ou Março do próximo ano, juntamente com a programação de exposições e cursos.


CineLAB: The Square


Atalie expõe Aquarelas em Torres Vedras, Portugal (postado em 02 de Novembro 2018)

 


A artista plástica Atalie Rodrigues Alves (coordenadora do LAB) inaugurou no último dia 26 de Outubro sua exposição de pinturas em aquarela "Janelas de Torres Vedras", no espaço cultural da biblioteca daquela cidade da região metropolitana de Lisboa, em Portugal. Integrando o circuito cultural "Arte ao Centro" idealizado pelo artista brasileiro Lauro Monteiro, a mostra de Atalie é uma das atividades previstas durante o evento, que reúne centenas de pessoas durante o período em que é realizado.
Além da exposição de Atalie (que fica em cartaz até o dia 16 de Novembro), acontece também uma mostra coletiva de artistas brasileiras (Coletivo Brasil), oficinas de arte, encontro de urban sketch que reuniu dezenas de artistas europeus e brasileiros. Além disso, Atalie está fazendo uma residência artística na cidade, que exige a produção de um conjunto de desenhos e registros gráficos sobre a realidade urbana de Torres Vedras, na perspectiva do olhar de uma artista estrangeira.

Torres Vedras é uma cidade portuguesa no Distrito de Lisboa, com 79.465 habitantes subdividido em 13 freguesias. É sede do mais extenso município do Distrito de Lisboa, com 407,15 km² de área e possui bons indicadores sociais e econômicos. A região de Torres Vedras, essencialmente agrícola, é também muito conhecida pelos vinhos produzidos, que a levaram a ser capital européia do vinho em 2018. Apresenta um patrimônio cultural de grande valor, como seu próprio centro histórico de feições medievais e monumentos como o magnífico Castelo, que se crê de fundação mourisca, com o seu agradável Jardim e a Igreja de Santa Maria do Castelo; as ruínas do Palácio dos Alcaides; as Igrejas de Santiago e da Misericórdia.


Atalie | Exposição: Torres Vedras


Filme alemão "Em Pedaços" é a próxima atração do CINELAB (postado em 27 de Setembro 2018)

 


Na próxima Quinta-feira, 11 de Outubro, o CineLAB apresenta o drama alemão "Em pedaços", a partir das 20 horas, com entrada gratuita. O filme conta a história de Katia Sekerci, uma alemã que leva uma vida normal ao lado do marido turco Nuri, e do filho de 7 anos. Um dia, ela é surpreendida ao descobrir que ambos morreram devido a uma bomba colocada diante do escritório do marido. Desesperada, Katia decide lutar por justiça ao descobrir que os responsáveis foram integrantes de um grupo neonazista.
A produção é dirigida por Fatih Akin, um cineasta, roteirista e produtor alemão, de ascendência turca que já ganhou diversos prêmios cinematográficos importantes. Por seu quarto filme, Contra a Parede (Gegen die Wand), Akin recebeu em 2004, entre outros prêmios, o Urso de Ouro no Festival de Berlim e tornou-se internacionalmente conhecido. Outros filmes conhecidos de sua autoria são "Do Outro Lado" ("Auf der anderen Seite"), vencedor do prêmio do Júri Ecumênico no Festival de Cannes, "Soul Kitchen" ("Soul Kitchen", 2009), vencedor do prêmio especial do júri no Festival de Veneza. "Em Pedaços" ("Aus dem Nichts", 2017) foi o vencedor do Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro.


Filme: Em Pedaços


Laboratório das Artes traz exposição coletiva "Mil Faces do Olhar" (postado em 25 de Setembro 2018)

 


O Laboratório das Artes apresenta a partir de Sábado, 06 de Outubro (até o dia 30 de Novembro) a mostra coletiva "Mil Faces do Olhar", que reúne quarenta obras em várias linguagens e técnicas de vinte artistas nascidos ou que atuam na cidade. A mostra, que reúne pinturas, desenhos e gravuras com curadoria da artista Atalie Rodrigues Alves, apresenta de um a três trabalhos de cada um dos artistas participantes: Alexandre Souza, Ana Alvarenga, Atalie Rodrigues Alves, Chico Rosa, Crispim Campos, Edna Síkora, Gerson Oliveira, Ivo Indiano, Marcus Flávio, Mariana Parzewiski, Mena Presotto, Otávio Tartari, Paulo César Pereira, Paulo Moreira, Podô, Regina di Franca, Regina Ribeiro, Rodolfo Chiaverini, Sandra Freitas e Uiliam José.
A ideia de fazer uma grande mostra das artes visuais com a participação de nomes experientes e artistas mais novos (alguns praticamente desconhecidos do público local pois, embora francanos, vivem noutras cidades) surgiu de uma discussão sobre o papel dos antigos salões de arte da cidade, cujos objetivos se perderam ao longo dos anos, tornando-os obsoletos e pouco integrados à realidade e ao panorama da arte atual.
O evento se insere na proposta do LAB de apresentar ao público local novidades do mundo das artes visuais, incentivar a produção local e ampliar a visibilidade das artes na vida da cidade. Visitas de escolas ou grupos podem ser agendadas pelo facebook do LAB das Artes ou pelo telefone 3722-5004.

Abertura: 06 de Outubro, Sábado, 20h
A Exposição irá até o dia 30 de Novembro de 2018.
Laboratório das Artes: Rua Cuba, 1099 – Jardim Consolação - Telefone (16) 3722-5004
www.laboratoriodasartes.com.br
www.facebook/labdasartes

Horário de visitas: Segunda a Sexta, das 10h às 12h e das 14 às 17h.
Acesso gratuito
Visitas monitoradas devem ser previamente agendadas


Exposição: Mil Faces do Olhar


Diretores da UNESP visitam LAB (postado em 25 de Setembro 2018)

 


Os professores Marcelo Carbone, diretor da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da UNESP, campus de Bauru e Murilo Gaspardo, diretor do campus de Franca, visitaram as instalações do Laboratório das Artes para conhecer as instalações e o acervo permanente. O objetivo, além de conhecer o LAB, permitiu trocar impressões sobre a situação da cultura no país e as possibilidades de parcerias entre a universidade pública e o movimento cultural local. Novos encontros serão feitos para discutir o plano de cultura do campus de Franca e a possível cessão do acervo.


CineLAB apresenta comédia indiana "NEWTON" (postado em 13 de Setembro 2018)

 


Na próxima Quinta-feira, 20 de Setembro, o CineLab apresenta a comédia indiana "Newton", a partir das 20 horas, com entrada gratuita. Segundo a crítica, "Newton" é uma comédia com toques de denúncia social, dirigida por Amit Masurkar e centralizada no personagem interpretado por Rajkummar Rao, que empresta seu nome ao título.
Newton é considerado um funcionário padrão, burocrata de carteirinha. Não se atrasa, questiona a tendência dos colegas ao ócio, entre outras práticas que ajudam a delinear sua personalidade. Mas, não somente na seara profissional Newton oferece essa resistência ética, nas relações interpessoais também. Ele chega a declinar do casamento arranjado por conta da pretendente ser menor de idade. Ao protagonista deste longa-metragem indiano, desrespeitar regras é afrontar a própria moralidade. Eis que lhe cabe conduzir o processo eleitoral num vilarejo afastado, há muito dominado por uma organização revolucionária de métodos nada ortodoxos. Escoltado por militares que garantem a sua segurança, bem como a da equipe que confere suporte, ele se embrenha na mata, contra tudo e todos, para garantir a democracia. O filme foi o representante da India para concorrer ao Oscar de 2018, mas não levou.

CineLAB - Newton


LAB prepara coletiva de artistas francanos (postado em 04 de Setembro 2018)

 


Com a curadoria de Atalie Rodrigues Alves, o LAB está preparando uma grande exposição coletiva de artistas francanos compromissados com a arte moderna e contemporânea, uma espécie de panorama das artes visuais locais. Nas últimas semanas, a curadora tem circulado por ateliês da cidade e mantendo contatos com os artistas, fazendo convites e selecionando obras para a mostra, que promete ser bastante significativa do "estado da arte" na cidade. Trata-se de mais uma iniciativa do LAB para ampliar o espaço e a visibilidade das artes plásticas aqui produzidas, prevista para ser inaugurada no dia 6 de Outubro próximo.
Enquanto isso, permanece em cartaz a mostra "6 + 1", até o final do mês de Setembro, com obras de artistas de Piracicaba e Águas de São Pedro.


Acervo continua sendo ampliado (postado em 20 de Agosto 2018)

 


O Acervo permanente do LAB continua em ampliação. Obras de dois artistas foram incorporadas recentemente ao acervo: do gravador e quadrinista Samuel Casal (que reside em Santa Catarina) e do artista pernambucano Beto Nascimento, que trabalha com obras reprodutíveis. As obras, todas na técnica de xilogravura, foram adquiridas neste ano e já estão disponibilizadas no site www.laboratoriodasartes.com.br


Laboratório das Artes promove nova oficina de Desenho de Rua (postado em 13 de Agosto 2018)

 


O Laboratório das Artes fará no Domingo, 19 de Agosto, a partir das 9h30 uma Oficina de Desenho de Observação na rua - Urban Sketch, continuando a temática das "Paisagens Urbanas", dedicada a documentar, interpretar e retratar o que os participantes veem nas ruas da cidade, em especial sua arquitetura e paisagem urbana.

A oficina trará um workshop de desenho de observação com os artistas Atalie Rodrigues Alves e Uiliam José a partir de caminhada pelas ruas do centro de Franca em torno da arquitetura brutalista local. A atividade é um estímulo à exploração da cidade por meio da anotação e do esboço produzidos em contato direto com o entorno durante a caminhada, em desenhos de observação individuais, após uma rápida palestra ilustrativa da arquitetura brutalista em Franca ministrada pelo professor do mestrado em Políticas Públicas da UNESP-Franca, arquiteto Mauro Ferreira. Para participar não é necessário saber desenhar, basta querer participar e confraternizar com pessoas que praticam desenho de observação. Os participantes devem trazer material básico de desenho para seu uso e os instrumentos e suportes de sua preferência. É recomendável o uso de roupas e sapatos confortáveis para a caminhada, assim como boné e protetor solar. Inscrições serão feitas até o dia 17 de Agosto, pelo Telefone 3722-5004.

Oficina LAB - Agosto


CineLAB apresenta drama satírico búlgaro "Glória" (postado em 13 de Agosto 2018)

 


Na próxima Quinta-feira, 16 de Agosto, o CineLab apresenta o drama "Glória", a partir das 20 horas, com entrada gratuita. O título "Glória" se refere à marca do relógio russo Slava (em tradução literal) e o filme surpreende por ser uma produção da Bulgária de 2016 que se revela um drama satírico original.
Em sua inspeção diária na ferrovia estatal, o funcionário Tsanko (Stephan Denolyubov, impecável) encontra dinheiro e relata o mistério à polícia. O caso chega ao ministro dos Transportes como ideia-mãe para encenar uma guerra palaciana contra o demônio da corrupção. A relações-públicas do ministério, Julia, recebe ordens para encenar um alerta do governo contra os "propinodutos". Julia conspira para reinventar a história em homenagem pública e premiação de Tsanko com um relógio. Em bastidores tão corruptos, tudo indica que o relógio que ele herdou do pai, um Slava, vai mudar de mãos. "Glory" poderia chegar à excelência se o projeto familiar de Julia, em tratamento médico pró-fertilidade, não roubasse tempo da trama central. A direção é de Kristina Grozeva e Petar Valchanov.

CineLAB: Glória


Ciclo de Palestras "A Esquerda em Franca" é oferecido no LAB (postado em 07 de Agosto 2018)

 


O Laboratório das Artes apresenta a partir da Quarta-feira, 08 de Agosto (até o dia 10 de Agosto, Sexta-feira) o Ciclo de Palestras "A Esquerda em Franca", que reunirá apresentações sobre a história e as perspectivas das políticas de esquerda na cidade, ministradas por professores convidados. O Patrono do ciclo é o professor e jornalista Alfredo Henrique Costa (já falecido), uma referência para a esquerda local que chegou a ser preso durante a ditadura militar por suas idéias socialistas e pela defesa da democracia, quando era o proprietário do jornal local "Comércio da Franca".
Segundo um dos organizadores, o arquiteto e professor da UNESP Mauro Ferreira, o ciclo "é resultado da inquietação de pessoas historicamente ligadas ao ideário da esquerda na cidade para apontar novos caminhos e resgatar aspectos da história e da política local sob o ponto de vista de uma fração minoritária da sociedade local. As classes dominantes locais são marcadas pelo conservadorismo e até reacionarismo em certos aspectos, além de controlar a mídia e as principais entidades da sociedade. Sempre me causou desconforto ver artistas que flertam com o fascismo serem endeusados, intelectuais e professores conservadores terem a quase exclusividade de divulgar suas opiniões pela mídia, com escassas chances de apresentar o contraditório. O ciclo assume essa perspectiva, de apresentar um outro lado da realidade local".
O ciclo é gratuito, mas é necessário fazer inscrição prévia, pois as vagas são limitadas. A inscrição pode ser feita pelo telefone 3722-5004 ou pela conta do Facebook do Laboratório das Artes.

Programação | Agosto
Dia 8 (Quarta-feira), 19h30
Abertura | Introdução à vida e obra de Alfredo Henrique Costa
Osmar Henrique Costa Parra 
Palestra | Planejamento e Reforma Urbana em Franca: Perspectivas
Prof. Dr. Mauro Ferreira
Dia 9 (Quinta-feira), 19h30
Palestra | As políticas de Esquerda em Franca
Prof. Cassiano Ricardo Santos Pimentel
Dia 10 (Sexta-feira), 19h30
Palestra | A História da Esquerda em Franca
Prof. Dr. Agnaldo de Sousa Barbosa

Calendário: de 08 a 10 de Agosto, Quarta-feira a Sexta-feira, 19h30
Laboratório das Artes: Rua Cuba, 1099 | Jardim Consolação | Telefone (16) 3722 5004
www.laboratoriodasartes.com.br
www.facebook/labdasartes
Acesso Gratuito

Ciclo de Paletras: A Esquerda em Franca


Exposição "6 + 1" é apresentada no LAB (postado em 02 de Agosto 2018)

 


O Laboratório das Artes apresenta a partir de Sábado, 04 de Agosto (até o dia 25 de Setembro) a mostra "6 + 1", que reúne 24 trabalhos de um grupo de artistas de Piracicaba e Águas de São Pedro. A mostra procura trazer ao público local uma diversidade de técnicas e estilos que passam da gravura à aquarela e ao desenho. São artistas que vivem e trabalham no interior, produzindo sua arte sem grandes preocupações com os modismos do mercado, mas que revelam abordagens distintas de problemas antigos para a produção artística.
A gravura de Marilu Trevisan, artista experiente com um vasto currículo que tira sua expressividade do preto e branco proporcionado pela xilogravura, as delicadas pinturas em aquarela de plantas e flores que visitam os jardins e as paisagens brasileiras de Zelinda Jordão e Lilian Menegalli, as impressionantes fotografias que exploram e revelam a geometria e a cor na arquitetura de Antonio Pires, as pinturas expressionistas de Renata Ghirotto em acrílica sobre papel, as gravuras digitais de Luisa Libardi e as gravuras em metal de Alzira Ballestero, com seu livro artesanal que explora as transparências do papel vegetal. A maioria destas artistas possui obras no acervo permanente do Laboratório das Artes.
Tudo isso certamente vai atrair o público que se interessa por artes visuais e quer aprender mais sobre cada uma das técnicas apresentadas pelo grupo. O evento se insere na proposta do LAB de apresentar ao público local novidades do mundo das artes visuais, incentivar a produção local e ampliar a visibilidade das artes na vida da cidade. A exposição ficará em cartaz até o dia 25 de Setembro e pode ser visitada gratuitamente. Grupos e escolas podem agendar visitas monitoradas em horários especiais pelo telefone do LAB.

Abertura: 04 de Agosto, Sábado, 20h
A exposição irá até o dia 25 de Setembro
Laboratório das Artes: Rua Cuba, 1099 - Jardim Consolação - Telefone (16) 3722-5004
www.laboratoriodasartes.com.br
www.facebook/lab das artes

Horário de visitas: Segunda a Sexta, das 10h às 12h e das 14 às 17h.
Acesso gratuito
Visitas monitoradas devem ser previamente agendadas

Exposição: 6 + 1


Arquiteto Mauro Ferreira lança seu novo livro "Anachrônicas da Franca do Imperador no Laboratório das Artes (postado em 30 de Julho 2018)

 


Será lançado no Laboratório das Artes, no próximo dia 04 de Agosto (Sábado), a partir das 20 horas, o livro "Anachrônicas da Franca do Imperador" com textos do arquiteto Mauro Ferreira que reúne um conjunto expressivo do trabalho deste artista, composto por 139 crônicas que comentam a vida urbana em Franca, a maioria relacionadas aos anos 50, 60 e 70, formando um painel do cotidiano da cidade naquele período.
O público que comparecer ao coquetel de lançamento terá a oportunidade de ver reunidos textos cuidadosamente selecionados por três leitores assíduos do artista (Emiliana Maquiaveli, Greguinho Neto e Sandra Bombicino), que assumiram a tarefa de escolher os textos que perpassam alguns dos temas que são mais caros ao escritor: a amizade, o amor, a militância política, a preservação da memória coletiva.
Mauro Ferreira é arquiteto, desenhista e escritor, com dez livros publicados entre contos, crônicas e novelas. É seu segundo livro de crônicas, reunindo textos escritos entre 2012 e 2017. Foi um dos fundadores do Laboratório das Artes e até hoje é um dos ativistas culturais que mantém acesa a chama do movimento, que mantém um pequeno museu de artes visuais modernas em sua sede, tocado à base de trabalho voluntário de um pequeno grupo de artistas da cidade.
O livro, editado pelo Laboratório das Artes, comemora os 36 anos de atividades do movimento cultural e conta com o apoio de empresas como Ótica Francana e Parra Imobiliária. O evento é aberto a todos os interessados pela literatura e arte local.

Serviço
Lançamento: "Anachrônicas da Franca do Imperador", livro de crônicas de Mauro Ferreira
Abertura: Dia 04 de Agosto, Sábado, às 20 horas
Local: Laboratório das Artes de Franca
Endereço: Rua Cuba, 1099 - Jardim Consolação, Franca, SP
Entrada Franca
Informações: (16) 3722-5004, em Franca, SP

Novo Livro de Mauro Ferreira


Atalie recebe convite para fazer residência artística em Portugal (postado em 03 de Julho 2018)

 


O município de Torres Vedras, localizado próximo à região metropolitana de Lisboa (eleita a Capital Européia do Vinho em 2018) convidou a coordenadora do LAB das Artes, a artista Atalie Rodrigues Alves, a fazer uma residência artística naquela cidade em Outubro próximo, bem como uma exposição individual, durante o evento "Arte ao Centro", realizado anualmente. A residência consistirá em fazer registros gráficos das paisagens locais, fazer a exposição individual ("Janelas de Torres Vedras") e oferecer workshops de suas técnicas artísticas de aquarela e registros gráficos durante o período que permanecer na cidade, às expensas da prefeitura local.
O convite foi oficializado pelo Presidente da Câmara Municipal, Sr. Carlos Manuel Antunes Bernardes.


Oficina de Urban Sketch será remarcada (postado em 12 de Junho 2018)

 


A Oficina Gratuita de Urban Sketch sobre a arquitetura brutalista em Franca terá sua data alterada. Prevista para o próximo Sábado, dia 30 de Junho, será remarcada para o início de Agosto, por motivos de força maior da equipe do LAB. Oportunamente será divulgada a nova data, aguardem.


CineLAB apresenta drama dinamarquês "A Comunidade" (postado em 12 de Junho 2018)

 


Na próxima Quinta-feira, 21 de Junho, o CineLAB apresenta o drama dinamarquês "A Comunidade", a partir das 20 horas, com entrada gratuita. Segundo a crítica, trata-se do filme mais comovente de 2016 do Festival de Berlim: A Comunidade(The Kollektivet). Resultante dos bons frutos financeiros e críticos colhidos com o monumental A Caça, indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 2014, o dinamarquês Thomas Vinterberg comprova aqui o quanto se desenvolveu como realizador desde o Dogma 95, quando fez de Festa de Família (1998) seu cartão de visitas. Lá e cá, uma certa dor, à moda escandinava, desfolha-se sob os nossos olhos, mas, agora, ela vem com doçura.
A Comunidade serviu para consolidar a reputação de popstar autoral de Vinterberg e ainda rendeu o prêmio alemão de melhor atriz para a magistral Trine Dyrholm. De quebra, o longa-metragem ainda apresentou ao planeta uma nova musa: a louríssima Helene Reingaard Neumann, mulher do cineasta, ela é dona do rosto (e do corpo) mais bonito a ganhar a telona direto do reino da Dinamarca.
O realizador de 47 anos transformou num drama de tintas cômicas um pedaço de sua própria história: na década de 1970, seus pais viveram numa comuna, termo usado para casas nas quais amigos e parentes viviam numa coletividade apoiada em valores de liberação política e afetiva. No longa-metragem, já lançado na Dinamarca com êxito comercial, o casal Anna e Erik (vividos por Trine e Ulrich Thomsen) se mudam para um casarão, em 1975, levando colegas de copo e desconhecidos. Mas uma paixão inusitada - entre Erik e uma aluna, vivida por Helene - vai abalar esse projeto de paz e amor.
Com cenas regadas a Elton John, em momentos onde esperamos secura e silêncio, o filme se impõe como um tratado sobre o amor de amigo. Num desempenho de doer no fígado, Trine rouba até nossas desatenções ao traduzir o processo de reeducação sentimental de sua personagem, Anna. Mãe de uma adolescente, dividida entre o trabalho como apresentadora de telejornal e o cuidado com os parceiros de comuna, Anna enfrenta (mal) a dor de ver o marido com uma nova mulher, mas é obrigada pelas regras do coletivo a aceitar.

CineLAB: A Comunidade


Atalie e Denise Muller expõem em São Paulo (postado em 12 de Junho 2018)

 


A Graphias - Casa da Gravura é um ateliê-galeria criado em 2003 pela professora e gravadora Salete Mulin, artista formada pela FAAP que coordena os trabalhos desenvolvidos no ateliê. Salete possui mestrado em artes pela UNESP e também é professora da Faculdade Santa Marcelina. A galeria funciona na Vila Mariana, em São Paulo, à Rua Joaquim Távora n° 1605.
Parceiro do LAB desde 2015, a Graphias vai comemorar seus 15 anos de funcionamento com uma grande exposição com gravuras de artistas que fazem parte de seu acervo, incluindo obras de artistas francanos e ligadas ao LAB, como Atalie e Denise Muller. Além da coletiva, salas especiais mostram obras de Darel Lins, Ermelindo Nardim, Evandro Jardim, Marcello Grassmann e Renina Katz, alguns dos mais importantes gravadores do país na atualidade.
A mostra será inaugurada dia 16 de Junho, das 14 às 19h, com a presença dos artistas expositores e seguirá até 30 de Agosto.



INICIAL 66 65 64 63 62 61 ...