Exposição "Rompendo Fronteiras" é apresentada no Laboratório das Artes (postado em 26 de Janeiro 2018)

 


O Laboratório das Artes apresenta a partir de Sábado, 03 de Março (até o dia 04 de Maio) a mostra "Rompendo Fronteiras", que reúne 23 trabalhos em guache sobre fotografia da artista Vera Ferro. Nascida no Rio de Janeiro em 1947, Vera viveu em São Paulo e desde 1989 reside em Campinas, SP. Sua paixão por arte começou na infância e desde cedo direcionou seus estudos e sua trajetória para as artes visuais. Estudou na Fundação Armando Álvares Penteado - FAAP e frequentou o Atelier de Gravura do Museu de Arte Moderna de São Paulo.(MAM). Trabalha em muitas técnicas diferentes, utilizando vários materiais. Iniciou-se com aquarela, trabalhou com gravura em metal e gravura contemporânea, experimentando matrizes em diversos materiais. Gosta de combinar técnicas, como, pintura, fotografia, desenho e colagens usando mapas e livros antigos. Desde 2007 fotografa, apaixonada por imagens e buscando experiências híbridas com outras áreas da arte. Vera não tem medo de experimentar novos caminhos. É movida pela curiosidade e a busca de surpreender-se, brincando com novos materiais, temas e formas. Passeou por vários temas em sua jornada: figurativos, geometrias poéticas. Trabalha e orienta artistas em seu atelier desde 1987. Participou de exposições individuais e coletivas, salões de arte, onde recebeu vários prêmios, possui obras em acervos de museus e de colecionadores particulares no Brasil e no exterior. Na própria vida e em suas experiencias diárias ela encontra a fonte do seu trabalho, sempre evoluindo e transformando a si mesma.
A autora descreve assim suas inquietações para produzir seu trabalho: "Como contar de uma maneira poética, a crua realidade da fuga, da esperança de sobrevivência e do sonho de uma vida nova em paz? Deslocamentos, fronteiras, barreiras, cercas. Gente como a gente num caminhar incessante pelo mundo em busca de um lugar para viver, fugindo aos horrores da guerra. O que carregar? O que levar numa pequena mochila? Para onde vamos? Andanças infinitas. Insegurança. Medo. Esperança. Cada pessoa carrega um universo dentro de si. Da Síria, Afeganistão, Paquistão, Sudão, Somália, Mianmar, lá vai essa gente em marcha para um amanhã desconhecido...
Nada será como antes. Continuamos em busca da igualdade, fraternidade e liberdade. Meus trabalhos voam pela nuvem, espalham minhas inquietudes, meus pensamentos e sentimentos pelo mundo afora. A Arte é a minha arma, uma forma de artivismo".

Abertura: 03 de Março, Sábado, 20h
A exposição irá até o dia 04 de Maio.
Laboratório das Artes: Rua Cuba, 1099 - Jardim Consolação - Telefone (16) 3722-5004
www.laboratoriodasartes.com.br
www.facebook/labdasartes

Horário de visitas: Segunda a Sexta, das 10h às 12h e das 14 às 17h.
Acesso Gratuito
Visitas monitoradas devem ser previamente agendadas

Exposição: Rompendo Fronteiras


CineLAB apresenta "7 Cajas", sucesso do cinema Paraguaio (postado em 09 de Janeiro 2018)

 


Na próxima Quinta-feira, 22 de Fevereiro, o CineLab será retomado com a apresentação do filme "7 Cajas", a partir das 20 horas, com entrada gratuita. O filme foi o maior sucesso de bilheteria da história do Paraguai, com mais de 250 mil espectadores num país que tem sete milhões de habitantes. O longa é dirigido pelos paraguaios Juan Carlos Maneglia Tana Schembori.
O protagonista é Victor, um carregador do Mercado 4, mistura de feira livre e camelódromo que ocupa vários quarteirões no Centro de Assunção. Victor quer comprar um celular com câmera para se filmar como os atores do cinema policial americano que vê na televisão, e para isso aceita uma encomenda: carregar Mercado afora as misteriosas sete caixas do título. Victor logo vê seu sonho se realizar, quando vira astro de uma perseguição que envolve a polícia e uma gangue de carregadores rivais.
Do vilão barbudo ao conspirador bem vestido que fica nos bastidores, 7 Caixas preenche rapidamente as peças exigidas nas receitas desse tipo de filme de ação. A câmera na mão ou no peito dos personagens na hora da correria, é mais do que familiar, assim como as reviravoltas imprevisíveis. À falta de recursos, sobra invenção, como na falta de veículos para as perseguições - nas vielas do Mercado não caberiam carros - os personagens se viram com os carrinhos de mão dos entregadores. Isso dá ao filme um tom absurdo que os diretores abraçam sem medo.

CineLAB: 7 Caixas


Exposição "Fora do Eixo" abre Temporada 2018 (postado em 12 de Janeiro 2018)

 


O Laboratório das Artes vai apresentar a partir do dia 15 de Janeiro a mostra Fora do Eixo com um recorte diferente do Acervo Permanente do Laboratório das Artes, que reúne expressiva parcela das pinturas, desenhos e gravuras do Lab, incluindo parte das novas aquisições realizadas durante os últimos anos. A curadoria da mostra é da artista plástica e professora Atalie Rodrigues Alves, responsável pela manutenção e expansão do acervo. O objetivo da mostra é divulgar as artes visuais modernas na cidade e região, incluindo a produção de grandes artistas plásticos do país. O recorte adotado pela curadora inclui apenas obras de artistas que viveram ou vivem no interior paulista e mineiro: Carlos Palladini, Cristiana de Freitas, Denise Müller, Eliara Bevilacqua, Gerson de Oliveira, Hélvio Lima, Ivo Indiano, José Sidney Leandro, Lucie Schreiner, Lucília Abrahão, Luisa Libardi, Marcos Marchetti, Miguel Ângelo Barbosa, Odilla Mestriner, Renato Andrade, Ricardo Augusto, Rodolfo Chiaverini, Salles Dounner, Thais de Freitas, Uiliam José e Wagner de Castro. Ao todo, a mostra apresenta 22 artistas e mais de 30 obras.
A exposição irá até o dia 28 de Fevereiro, com entrada gratuita de Segunda a Sextas-feiras, das 10 às 12h e das 14 às 17h. Horários especiais podem ser atendidos mediante contato prévio.

Laboratório das Artes: Rua Cuba, 1099 - Jardim Consolação - Telefone (16) 3722-5004
www.laboratoriodasartes.com.br
www.facebook/labdasartes

Exposição: Fora do Eixo


Lançados os cursos do Laboratório das Artes para 2018 (postado em 10 de Janeiro 2018)

 


Os cursos livres do Laboratório das Artes de Franca, com duração anual, são de Desenho, Pintura e Gravura. Para iniciantes, é oferecido o curso básico e para os mais experientes, o curso avançado. São explorados os desenhos de observação, criação e memória, abrangendo técnicas que vão do grafite ao nanquim, do lápis de cor ao giz pastel para os interessados em desenho. Para pintura são oferecidas as técnicas de aquarela, guache, têmpera, acrílica e óleo sobre tela. Em gravura são desenvolvidas as técnicas de xilogravura e linóleogravura.
Os cursos tem duração total de oito meses, com aula semanal de duas horas. As opções de horário são de terça ou quinta feira a partir das 14 horas, para alunos a partir de 12 anos. Os conteúdos e técnicas são discutidos individualmente, a partir do interesse de cada aluno. Os cursos se iniciam na última semana de fevereiro, sem taxa de matrícula, mas o interessado pode se inscrever durante o ano todo. Também são oferecidos cursos de curta duração, a combinar, de origami básico e avançado.
O LAB também oferece curso de habilidades específicas para vestibular em arquitetura, design, moda e artes visuais, podendo ser iniciado a qualquer momento e a carga horária é de 2 horas semanais. Vale ressaltar que o LAB é mantido por um grupo de artistas modernos da cidade, que não tem finalidades lucrativas e os recursos dos cursos pagos são revertidos na manutenção do espaço cultural e da sua programação de atividades gratuitas, que incluem exposições mensais de arte, oficinas, cineclube e o curso de arte realizado em parceria com o Pró-Criança.
Os cursos são coordenados por Atalie Rodrigues Alves, formada em Artes Plásticas pela Belas Artes de São Paulo há quase 40 anos. Atalie, além de professora é artista plástica e pratica todas as técnicas que oferece nos seus cursos.
O Curso de Desenho e Ilustração de Moda também está com as inscrições abertas e serão ministradas as Segundas e Sextas Feiras, a partir das 14 horas, dirigido por Natalie Ferreira, formada em Design de Moda pela Faculdade Santa Marcelina, de São Paulo, desde 2001. Natalie também é professora de moda da FATEC e da UNIFRAN.
Maiores detalhes pelo telefone 3722 5004 ou facebook - Laboratório das Artes de Franca.

Cursos do LAB


Oficina de Papel Marmorizado (postado em 11 de Dezembro 2017)

 


O LAB vai oferecer no dia 13 de Dezembro uma oficina gratuita para produção de papel marmorizado, que é utilizado na confecção de capas de livros e agendas. Ainda há vagas, mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3722-5004 ou pela conta do LAB no facebook.

CineLAB: A Incrível Viagem de Jaqueline


Acervo continua a crescer (postado em 11 de Dezembro 2017)

 


O acervo do LAB cresceu em 2017. São quase quatrocentas obras de arte, entre pinturas, gravuras e desenhos que estão catalogadas no acervo permanente, tornando sua pinacoteca ainda mais importante para a cidade e região, já que conserva obras de vários dos mais significativos artistas modernos da região. No início de 2018, está programada mais uma mostra do acervo, com um recorte específico que está sendo definido pela curadora da mostra, Atalie Rodrigues Alves.


LAB começa planejamento de 2018 (postado em 27 de Novembro 2017)

 


Após o encerramento da temporada 2017 do CineLAB, o grupo iniciou os preparativos e o planejamento das atividades artísticas e culturais para o próximo ano. O cineclube deve voltar em fevereiro de 2018 com a exibição do longa paraguaio "7 Cajas", reiniciando o ciclo de cinema que traz obras de diretores e países pouco exibidos nos cinemas comerciais.
Para o próximo ano, estão previstas também ao menos quatro grandes exposições de pinturas e gravuras, a primeira em Março, da artista campineira Vera Navarro com a temática da imigração e dos refugiados, que deve ser enriquecida com debates sobre o assunto. Além disso, o LAB deve promover no final do ano uma grande exposição de artistas modernos de Franca. Além destas atividades expositivas, a programação envolverá ainda cursos, oficinas e seminários sobre arte, arquitetura e preservação do patrimônio cultural.
Até o dia 22 de Dezembro, permanece em cartaz a mostra "Lugares" que reúne pinturas da produção recente da pintora, gravadora, desenhista e arte-educadora Atalie Rodrigues Alves, sendo substituída em Janeiro por uma exposição do acervo permanente.


CineLAB apresenta "A Incrível Viagem de Jaqueline" (postado em 21 de Novembro 2017)

 


Na próxima Quinta-feira, 23 de Novembro, o CineLAB apresentará o filme "A Incrível Viagem de Jaqueline", a partir das 20 horas, com entrada gratuita. Fatah, um pequeno fazendeiro argelino, só tem olhos para sua vaca Jacqueline, que ele sonha em ver na grande feira de agricultura de Paris. Ao receber o convite do evento, todos de sua aldeia ficam espantados. Juntamente com Jacqueline, Fatah cruza a França a pé após pegar um barco para Marselha. No caminho, os dois vivem uma inesperada viagem cheia de surpresas e aventuras. O roteiro do franco-argelino e também diretor Mohamed Hamidi cria uma verdadeira fábula rural para essa história, já que Fatah é um personagem ingênuo e de carisma retumbante e além disso, seu grande sonho ganha rapidamente uma identificação com o público, além de ter um animal (no caso, a vaca) sempre ao seu lado que torna a história ainda mais envolvente e próxima da plateia. O filme foi indicado ao Prêmio do Cinema Europeu de Melhor Comédia em 2010.

CineLAB: A Incrível Viagem de Jaqueline


Exposição "LUGARES" continua (postado em 17 de Novembro 2017)

 


Prossegue até o dia 22 de Novembro no Laboratório das Artes a mostra "Lugares" que reúne pinturas da produção recente da pintora, gravadora, desenhista e arte-educadora Atalie Rodrigues Alves, constituída por aquarelas e pinturas acrílicas sobre mdf com imagens inspiradas a partir de suas viagens e andanças pelo mundo, que incluem bancos e cadeiras de lugares públicos do Brasil e de cidades da Europa, janelas de Bogotá (capital da Colômbia) e telhados e casarios das cidades coloniais mineiras.
As 28 obras, criadas a partir de pesquisas e imagens coletadas pela própria autora em diversas cidades, é uma continuação do ofício tradicional da pintura que exerce há mais de 40 anos, recriando lugares através da memória afetiva com uso rebuscado da geometria e de cores vivas e intensas, luminosas, que fazem reviver as paisagens que a artista viu noutras paragens.
Atalie, natural de Franca, é formada pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo (1976) e dedica-se ao ofício de artista plástica e professora de artes desde então. Dentre outras atividades, foi também diretora da Pinacoteca Municipal. Atualmente, dedica-se à coordenação das atividades artísticas do Laboratório das Artes de Franca, importante movimento cultural da cidade, do qual foi uma das fundadoras.

Serviço
Exposição: "Lugares" - Aquarelas e pinturas de Atalie Rodrigues Alves
Visitação: até 22 de Dezembro de 2017
Horário: Segunda a Sexta-feira, das 10 às 12h e das 14 às 17h
Local: Laboratório das Artes de Franca
Endereço: Rua Cuba, 1099 - Jardim Consolação - Franca (SP)



Piracicaba recebe Exposição "Gravura do LAB" (postado em 07 de Novembro 2017)

 


Será inaugurada na Galeria da Bauhaus em Piracicaba (R. José Pinto de Almeida, 258 - Jardim Europa), no próximo dia 10 de Novembro (Sexta-feira), às 20 horas, a mostra Gravura do Lab, que reúne a produção recente do núcleo de gravadores do LAB Atalie Rodrigues Alves, Denise Muller, Ivo Indiano, Marisi Mancini e Uiliam José, constituída por um conjunto de gravuras em várias técnicas como linóleo, metal e xilogravura. Os artistas participam do movimento cultural do Laboratório das Artes de Franca, coletivo de artistas do Laboratório das Artes - LAB, um movimento cultural da cidade de Franca, importante centro industrial localizado no interior do estado de São Paulo, que mantém um pequeno museu privado de artes visuais modernas.
Atalie, natural de Franca, é formada pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo (1976) e dedica-se ao ofício de gravadora, pintora e professora de artes desde então. Dentre outras atividades, foi também diretora da Pinacoteca Municipal. Atualmente, dedica-se à coordenação das atividades artísticas do Laboratório das Artes de Franca, importante movimento cultural da cidade.
Denise Muller nasceu em Ribeirão Preto (1959). Fez cursos de desenho, pintura, escultura e gravura, em diversas técnicas, envolvendo-se definitivamente com as artes visuais a partir de 1996. Já realizou dezenas de exposições individuais e coletivas com seus trabalhos, em sua maioria na região de Ribeirão Preto, destacando-se o salão de arte de Rio Claro e nas universidades UNIP e UNAERP. Atualmente, possui um ateliê próprio de xilogravura em Ribeirão Preto (SP).
Ivo Indiano cursou a Faculdade de Belas Artes de São Paulo, bacharelando-se em Artes Plásticas. Posteriormente formou-se arquiteto pela Universidade de Franca, cidade onde reside desde 1985. É professor universitário de arquitetura, educação artística e coordenador do grupo Sanatorivm. Como artista plástico dedica-se ao desenho e gravura, sobretudo em metal. Suas gravuras já foram expostas no Museu Olho Latino em Atibaia, em 2010.
Marisi Mancini nasceu em São Paulo (1955). É formada em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo e fez pós-graduação em Arte-Educação na ECA/USP. De 1977 a 1980 frequentou o atelier do gravador Paulo Menten, com quem aprendeu xilogravura e litografia. Expôs seus trabalhos em exposições individuais e coletivas no Estado de São Paulo e participou de uma coletiva de gravura no Japão.
Trabalha com gravura e pintura em atelier próprio.
Uiliam José é artista plástico e professor da rede pública estadual e municipal com Licenciatura Plena em Educação Artística com Habilitação em Artes Plásticas pela UNIFRAN (2009). Realizou exposições individuais no Laboratório das Artes de Franca e participou de diversas mostras coletivas vinculadas ao Grupo Sanatorivm.

Serviço

Exposição: "Gravura do LAB" - Gravuras de Atalie Rodrigues Alves, Denise Muller, Ivo Indiano, Marisi Mancini e Uiliam José.
Abertura: Dia 10 de Novembro, das 20 às 22 horas
Visitação: até 30 de Novembro de 2017
Horário: 8h às 22h
Local: Escola Bauhaus
Endereço: R. José Pinto de Almeida, 258 - Jardim Europa, Piracicaba (SP)
Entrada Franca

Exposição: Gravura do LAB




INICIAL 65 64 63 62 61 ...